Troca de Óleo Rápida Elf

Óleo Lubrificante

 

A função do óleo é a de lubrificar o motor, e evitar o contato entre as superfícies metálicas e refrigerar, independentemente do tipo.

Existem três tipos de óleo que os fabricantes de motores recomendam atualmente:

 

  • Mineral: . os óleos minerais são obtidos da separação de componentes do petróleo, sendo uma mistura de vários compostos e multiviscoso.
  • Semi-sintético: os óleos semi-sintéticos são feitos com mistura em proporções variáveis de básicos minerais e sintéticos, para ter a disposição as melhores propriedades de cada tipo, associando a otimização de custo, uma vez que as matérias-primas sintéticas possuem custo muito elevado. É um lubrificante de alto desempenho, especialmente desenvolvido para os motores a Gasolina, Etanol e Diesel Rápido, para atender as exigências mais recentes.
  • Sintético: os óleos sintéticos são obtidos por reação química, havendo assim maior controle em sua fabricação, permitindo a obtenção de vários tipos de cadeia molecular, com diferenças características físico-químicas e por isso são produtos mais puros. Proporciona maior economia de combustível, desempenho para o motor, redução dos atritos internos, além de uma excelente proteção antidesgaste. Reduz as trocas de óleo e a poluição do ar. Homologado por várias montadoras, é recomendado para todos os motores a gasolina, flex, diesel rápido e turbo alimentados de última geração.

 

Um fluxo insuficiente de lubrificante dará origem a um desgaste rápido, ou engripagem, das peças móveis do motor.

 

 Troca do Óleo

É conveniente respeitar os prazos recomendados pelos fabricantes dos automóveis para substituição do óleo. Esses períodos deverão mesmo ser encurtados para três ou quatro meses, se o automóvel for somente utilizado em pequenos trajetos. A razão para maior freqüência da mudança de óleo, neste caso, reside no fato de quantidade de aditivos detergentes e dispersantes presente no óleo ser pequena e consumir-se com muito maior rapidez nas condições de repetidos arranques e paradas do que em percursos longos, em que o motor funciona a uma temperatura estável.

 

Borra de óleo

A SAE Brasil define a borra de óleo como sendo uma espécie de nata preta formada dentro do motor e que pode entupir os dutos por onde circula o lubrificante. Há situações que favorecem seu surgimento, como utilizar o óleo por período maior do que o indicado no manual do veículo ou fora da especificação. Motores de carros que ficam muito tempo sem uso ou rodam sempre em pequenos percursos e não atingem a temperatura ideal de funcionamento estão mais propensos ao problema.

Para preservar o motor:

  • Troque o óleo e o filtro no intervalo de quilometragem  recomendado pelo fabricante do veículo, ou a cada 6 meses para os óleos minerais e semi-sintéticos e 1 ano para óleos sintéticos;
  • Se for necessário completar o nível do lubrificante, use a mesma marca, tipo e viscosidade do que já está no motor;
  • Não misture lubrificantes diferentes quando completar o nível, nem aditivos extras (devem ser colocados junto com o óleo novo) e nunca adicione óleo mineral ao sintético (ou vice-versa);
  • Se o motor consome muito óleo, verifique a causa consultando profissionais capacitados;
  • Em caso de dúvida, troque o óleo. Fica bem mais barato que retificar o motor;
  •  Abasteça seu carro em postos com combustível de qualidade comprovada.

 

Troca de Óleo Rápida Elf